Os principais tipos de conteúdo

Fala afiliado! Tudo bem com você? Vamos falar sobre conteúdo e dicas de como você pode produzir posts relevantes para sua audiência.

Existem vários formatos de conteúdos e vamos citar os principais que podem te ajudar no mercado de afiliados. São eles:

Blog:

Os conteúdos do blog podem ser desde conteúdos básicos até os mais avançados. Mas, para isso, você precisa conhecer o seu público e identificar em qual etapa do funil ele se encontra.

Assim, você consegue elaborar seus conteúdos de acordo com o seu público.

Além disso, é importante ressaltar que os seus conteúdos de blog precisam conter os termos corretos para ficar bem ranqueado nos mecanismos de busca.

Veja também: 3 Artigos para você divulgar e aumentar as chances de vendas.

Redes sociais:

Nas redes sociais você pode abusar de todas as possibilidades de conteúdos, como por exemplo usar uma linguagem informal com emojis e até gifs.

Normalmente, não são conteúdos extensos, até mesmo devido ao número de caracteres que cada rede possui. Sendo assim, você precisa ser objetivo para passar todas as informações que precisa em poucas palavras.

Frases para postar nas redes sociais: CLIQUE AQUI.

E- books:

No mercado de afiliados, o e-book é uma ótima forma de atrair novos clientes, levando conhecimento e criando autoridade no nicho que atua.

Diferente da produção de conteúdo de redes sociais e blog, nele  você precisa se aprofundar no assunto, dando riqueza nos detalhes.

O e-book não necessariamente precisa ser apenas textos. Você pode usar imagens e hiperlinks que vão complementar o conteúdo, envolvendo ainda mais o leitor.

Um exemplo muito utilizado para nossos produtos são as AMOSTRAS:


Dicas para sua produção de conteúdo

Confira 2 dicas básicas que vão te ajudar a construir seus conteúdos:

Conheça a sua persona

Quando você tem uma persona ideal, sabe quais os gostos da sua audiência, as redes sociais que mais acessa, os tipos de conteúdo que ela gosta de acompanhar, dentre outras informações que são possíveis  extrair através da definição da persona.

Assim, você consegue produzir os seus conteúdos de forma direcionada a sua audiência.

Crie o seu funil de vendas

Entenda o seu funil de vendas para identificar o estágio da jornada que o cliente está. Assim, você consegue direcionar os conteúdos de acordo com cada etapa, gerando valor e interesse pelo que seu conteúdo e pelo que vende.

Nesse funil, você conta com quatro etapas, que são elas:

  • Aprendizado e descoberta: o usuário ainda não sabe que tem um problema, mas através do seu conteúdo ele passa a identificar.
    Exemplo: Uma mãe tem um filho na educação infantil. Com os conteúdos que você posta em seu perfil (face ou insta) ela percebeu que pode ser uma ótima ideia reforçar e estimular o aprendizado do pequeno em casa.
  • Reconhecimento do problema: quando o usuário já percebe que tem um problema e quer solucioná-lo.
    Exemplo: Aqui o professor já identificou que o aluno está com dificuldade para avançar na leitura e escrita (ENTÃO O KIT ALFABETIZAÇÃO é ideal para ela).
  • Consideração da solução: quando o seu usuário começa a perceber que o seu produto ou conteúdo é a solução que ele precisa.
    Exemplo: Aqui seu cliente percebe que realmente precisa do nosso produto.
  • Decisão de compra: quando o usuário já está decidido a comprar o produto.
    Exemplo: Hora da oferta! seu cliente já conhece os nossos produtos e seus benefícios (É SÓ OFEREER E GANHAR SUA COMISSÃO).

Dessa forma, você pode construir os conteúdos de acordo com cada etapa do funil de vendas.