Quanto investir em campanhas de tráfego pago?

Tráfego pago é a estratégia de marketing utilizada para atrair mais visitantes e cliques em uma página através de anúncios de publicidade em plataformas específicas. Para anunciar em tráfego pago, é preciso focar no ROI, de forma que você tenha dinheiro suficiente para pagar o valor que investiu e também possa utilizá-lo nas próximas campanhas.

Já pensou em investir em campanhas de tráfego pago, mas não soube por onde começar? Ou, principalmente, ficou em dúvida sobre o quanto investir nos seus anúncios?

Quem trabalha com marketing de afiliados sabe que o tráfego pago é uma das melhores estratégias para se ter retorno a curto e a médio prazo. No entanto, para quem está começando a colocar a mão na massa agora, saber o quanto investir pode ser uma grande dificuldade e isso inclui, também, entender o momento ideal de realizar esse tipo de investimento.

Para esclarecer todas essas dúvidas, preparamos este conteúdo sobre o assunto para que você possa investir de forma correta e não perca dinheiro. Você vai conferir tudo o que precisa saber para fixar um investimento inicial na hora de criar os seus anúncios e começar a vender como nunca.

Vamos lá? Boa leitura!

O que é tráfego?

Você provavelmente já ouviu falar nessa expressão ao descrever a circulação de veículos no trânsito por aí. Na internet, o tráfego também se refere à circulação, mas de usuários que se movimentam por páginas de vendas, sites, blogs, redes sociais, entre outros.

Isso quer dizer que quanto maior o tráfego, mais gente terá contato com o produto que você esta divulgando (conheça todos aqui). Afinal, sem visitantes não há leads, engajamento ou conversão, itens fundamentais para um negócio de sucesso na internet.

Em resumo, tráfego é todo o alcance, visitas e visualizações que uma página recebe. Essa métrica é baseada nos acessos que os conteúdos disponibilizados por você recebem, que podem vir de 6 tipos diferentes: tráfego orgânico, direto, de referência, de e-mail marketing, social e o pago, que é o que vamos aprofundar nos tópicos a seguir.

O que é tráfego pago?

Tráfego pago é a estratégia de marketing digital utilizada para atrair mais visitantes e cliques em uma página de vendas, site, blog e afins através de anúncios de publicidade — que são pagos — em plataformas específicas, como o Google Ads e Facebook Ads.

No Google, por exemplo, você pode anunciar nossos produtos (exemplo KIT SÓ ESCOLA ALFABETIZAÇÃO) e quando o usuário pesquisar pela palavra-chave “Atividades para Alfabetização”, o seu anúncio aparecerá em destaque, antes das demais publicações, que costumam vir do tráfego orgânico.

Ao fazer um anúncio no Google, é possível personalizá-lo de acordo com os dados demográficos e comportamentais do seu público-alvo, além de definir como o anúncio será pago, se será por clique (CPC), por aquisição (CPA), por lead (CPL) ou a cada mil impressões (CPM).

Como saber se devo investir em tráfego pago?

Se antes mesmo de entender quanto investir em tráfego pago, você ainda não tiver a certeza se essa estratégia é a ideal para o seu negócio, vamos esclarecer algumas dúvidas neste tópico.

A resposta é simples: depende! Já falamos que existem outros tipos de tráfego que contribuem para uma estratégia digital, entre eles o orgânico, certo?

Embora o tráfego orgânico seja bastante efetivo, construir uma estratégia de SEO leva tempo e passa por uma série de estudos e análises — tanto de conteúdo, quanto de programação. É preciso, além de muito planejamento, alguns conhecimentos técnicos sobre otimização de páginas, considerando diversos aspectos, como a experiência do usuário, velocidade da página e etc.

O tráfego orgânico é um processo, ou seja, leva tempo e não é construído da noite para o dia. No entanto, quando apresenta resultados, dura mais tempo do que o período em que você paga para manter anúncios ativos. E essa é a principal diferença entre esses dois tipos de tráfego.

Se você busca resultados imediatos e não possui conhecimentos técnicos voltados para SEO, o tráfego pago pode sim fazer bastante sentido para a sua estratégia. Basicamente, tudo o que você precisa é estudar o funcionamento das plataformas de anúncios e escolher as páginas que deseja atrair mais visitantes.

Como começar a investir em campanhas de tráfego pago?

Antes de saber o quanto você deve investir em seus anúncios, é importante levar em consideração que nem todos os dias você terá o resultado esperado. Pode ser que você venda bastante em um dia e, no outro, não venda nada e, assim, tenha um prejuízo.

Portanto, para começar a anunciar, você deve separar uma verba de guerra, que deve ser uma quantia destinada ao seu aprendizado.

Esse valor que você investirá não pode causar grandes impactos no seu caixa, caso você não consiga ter bons resultados. Afinal de contas, você precisa testar a ferramenta de anúncios e ver o que dá certo ou não para o produto que está divulgando.

TESTE + PRÁTICA= RESULTADO

Qual plataforma devo começar a criar os meus anúncios?

Bom, agora que você já sabe que precisa ter uma verba de guerra para começar com a sua estratégia de tráfego pago, chegou a hora de escolher qual plataforma de anúncios você vai criar a sua campanha, pois isso também interfere na hora de definir um orçamento.

É importante sabermos que o Google Ads e o Facebook Ads são duas ferramentas poderosíssimas, mas cada uma delas possui as suas particularidades.

Facebook Ads

Os anúncios do Facebook Ads podem ser vinculados tanto no próprio Facebook, quanto no Instagram. Todavia, quando alguém entra em uma dessas redes sociais, essa pessoa tem como objetivo interagir com os amigos que lá estão, observar outras pessoas — celebridades, influenciadores, personalidades famosas  —, curtir fotos e uma série de outras ações. Talvez, um dos últimos objetivos seja o de comprar.

Portanto, o seu anúncio pode aparecer para o usuário mesmo que ele não esteja procurando, naquele momento, pela solução que o seu produto propõe.

Com o Facebook Ads, então, a sua janela de conversão pode ser um pouco maior, já que o usuário pode ser impactado pelo seu anúncio várias vezes e só depois de algum tempo decidir comprar.

Outro ponto que você deve levar em consideração no Facebook Ads é o tipo de campanha — campanhas de tráfego podem ser mais baratas que campanhas de conversão, por exemplo.

Google Ads

O Google Ads vincula os seus anúncios na rede de pesquisa e também na rede de display.

Ele trabalha com palavras-chave, isto é, ao criar um anúncio você escolhe um termo baseado nas preferências e no comportamento da sua persona e, assim que ela faz uma pesquisa usando este termo, o seu anúncio é exibido para ela.

Portanto, o Google Ads trabalha com anúncios exibidos no momento em que a persona possui intenção de compra e, por isso, a janela de conversão pode ser um pouco menor.

A lição que fica é: você deve conhecer muito bem a sua persona ao escolher uma dessas duas plataformas, ou até mesmo se for trabalhar com ambas. Pois, só assim você saberá para qual delas você deve destinar a sua verba ou parte dela.

Além do Google Ads e Facebook Ads, existem outras opções plataformas que você pode analisar se faz sentido para a sua estratégia, como LinkedIn Ads, Taboola, Outbrain ou Bing Ads,

E quanto devo investir em campanhas de tráfego pago?

De forma geral, é possível começar a anunciar no Google Ads com um investimento a partir de R$200,00 por mês e de R$4,99 por dia no Facebook Ads. O que recomendamos aqui é que quem trabalha com o tráfego pago foque no ROI — Return over Investment —, ou seja, no retorno que você terá sobre o valor que você investiu.

O ideal é que o seu ROI seja sempre de 100% ou mais, pois, assim, você terá dinheiro o suficiente para pagar o valor que investiu e também para as próximas campanhas.

Você pode fazer uma conta simples para definir o valor diário que investirá em seus anúncios e garantir que o seu ROI seja sempre de 100%, caso mantenha uma média de uma venda por dia durante o período de sua campanha.

Vamos ao exemplo do SÓ ESCOLA PREMIUM.

Imagine que o produto que você esteja anunciando custe R$97,00 e que você ganhará R$45,00 de comissão por cada venda realizada.

Neste caso, o ideal, então, é que você faça um investimento diário de, no máximo, R$25,00. Se você manter uma média de uma venda por dia, os R$50,00 de comissão que você ganhará por cada venda serão suficientes para pagar os seus gastos iniciais e, também, para investir ainda mais em outras campanhas.

Caso você mantenha uma média de mais de uma venda por dia, o seu ROI será ainda melhor. Portanto, a conta é simples: para definir o orçamento diário, basta dividir o valor da sua comissão por dois.

Conclusão

Quando a pergunta é “quanto devo investir em campanhas de tráfego pago?”, a resposta é: depende. Primeiro, você deve escolher um valor que não cause impacto no seu negócio, caso não consiga alcançar bons resultados.

Em segundo lugar, você deve sempre observar a sua persona para escolher qual plataforma de anúncios utilizar, a fim de evitar gastos desnecessários.

E por último, mas não menos importante, você deve sempre priorizar o ROI e não arriscar em valores muito altos agora que está aprendendo. O ideal é que invista um valor que possibilita você a ter lucros, mesmo que consiga fazer somente uma venda por dia.

E o principal: crie uma cultura de testes e de mensuração de resultados. Uma das melhores coisas do marketing digital é que ele permite testar as suas estratégias e parar com elas antes que te causem muito prejuízo, caso não estejam dando certo.

Meça os seus resultados e veja aquilo que mais faz sentido para você e para o seu negócio.

E aí, gostou do nosso artigo? Já sabe quanto investir nas suas campanhas? Agora é só pegar tudo que você aprendeu aqui e colocar em prática, não é mesmo?


Agora estamos no YOUTUBE!

Vamos começar a postar vídeos com dicas para nossos afiliados. (CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER E NÃO PERDER OS VÍDEOS NOVOS)

DÚVIDA?